bad insanity
“Ela tem uma risada incrível. E sem querer ser um babaca, mas ela tem tudo pra ser perfeita. Mas não é, claro. Ela tem mil idiotices e chatices na bagagem. E ela tem medo de tudo. Tem um ar de menina independente, que não precisa de ninguém. Mas quando tá no escuro, ainda pede pra alguém abrir um pouquinho a porta e deixar a luz entrar. Ela tem vergonha até de ligar pra pizzaria pra pedir uma pizza, cara. Quem no mundo é assim? Mas ela é tão indiferente, que a minha diferença não afeta ela em nada. Eu acho que ela pode ser o mundo inteiro se ela quiser. E ela é teimosa. E guarda rancor na mala. Ela sabe perdoar, mas precisa de umas aulinhas de como esquecer. Quando ela desiste ou acha que sabe de tudo, não tem jeito. Meu Deus, que mania insuportável que ela tem de achar que pode burlar tudo o que mandam ela fazer. Porque ela nunca tá satisfeita com nada. Nadinha.”
Estava na cara: Eu gostava dela. Não tinha mais para onde correr. Não tinha outro lugar que eu quisesse estar se não fosse nos braços dela.”
Restos de um naufrágio.   (via a-vazia)
Era isso que eu queria: reações. Agora sim ela parece a minha garota. Bufando, me mandando ir embora, chorando de amor e ódio, cheia de ciúme, vibrando, pulsando, me jogando coisas, as sobrancelhas circunflexas, aquela veiazinha saltando nas têmporas. Enfim, é assim que eu gosto de vê-la: sentindo. Hoje é ira e desprezo. Amanhã é paixão e carinho. Quem é capaz de explodir de raiva, também é capaz de explodir de amor.— Gabito Nunes”
"Minha intenção nunca foi ficar longe de você, segurei o máximo que pude, tentei te entender e esperar o tempo certo de cada coisa, mas ninguém é de ferro, uma hora a gente cansa. Eu não estava cansada de você, estava cansada de mim, do meu exagero, da minha necessidade de te ver. Naquele momento a vida também me cansava, cansava pra caramba pra ser mais específica, ser forte o tempo todo nunca foi fácil, havia horas que eu desabava. Então quando cansei, sumi, no entanto você era uma das poucas pessoas pra quem eu iria continuar visível, eu queria fugir de todos, ficar em silêncio, ir para novos lugares, porém de você eu não abriria mão. Mas tudo foi diferente, foi me afastando que eu percebi um pouco da ilusão que eu estava vivendo, tive que observar que os sentimentos não eram tão recíprocos assim, enquanto sumi não fui procurada, tudo o que eu mais queria naquele momento era acreditar que você pensava em mim e que lhe fazia falta cada sorriso que eu despertava em você diariamente. Não foi assim, e agora tenho que encarar os fatos,infelizmente não dá pra acreditar nesse meu mundinho onde tudo é perfeito. É uma pena tudo isso, é uma pena você ter me deixado partir de um local onde eu pretendia morar, e é uma pena maior ainda você ter perdido alguém que iria cuidar do teu coração pra sempre."
-Jaqueline Soares.”
— Eu nunca gosto de nada, e gostei tanto de você.
— É?
— Droga.
— O quê?
— Eu falando de gostar.
— E daí?
— E daí que vai acontecer tudo de novo.
— O quê?
— Vou sentir demais, falar demais, escrever demais. E você vai embora.”
Tati Bernardi. (via inverbos)
Afinal, errar é humano, mas continuar gostando depois de tantos erros, é amor.”
Rafael Lemos.  (via inverbos)
Amo tanto, tanto, tanto, que te deixo em paz.”
Tati Bernardi.   (via a-vazia)